Skip to main content Skip to search

Palavra do Presidente

A LGPD e suas implicações para as empresas

 

* Gildo Freire de Araújo

 

A Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, pauta de discussões há alguns anos, recentemente teve forte impacto, com a decisão do Senado Federal em 26 de agosto de 2020 pela rejeição em postergar o seu prazo de vigência, prevista na MP 959/2020, cujo artigo foi excluído do texto.

90442485_188572895901875_2035079573565079552_oInicialmente prevista para entrar em vigência em agosto de 2020, com o início da pandemia da COVID-19, acabou tendo seu prazo dividido em duas etapas:

 

  • penalidades administrativas, ou seja, aquelas que podem ser aplicadas por órgãos públicos como o PROCON, foram alteradas e somente vão passar a valer a partir de agosto/2021, nos termos da Lei nº 14.010/2020;

 

  • todas as demais regras, como os direitos dos titulares e os deveres das empresas, tiveram seu prazo alterado pelo Senado, e, dependem do voto Presidencial, com a antecipação de sua vigência, que poderá ser imediata, ou até mesmo retroativa, quando deve ser convertida em Lei a MP 959/2020.

 

A sanção da LGPD completou dois anos em 14 de agosto de 2020. A MP adiava a vigência da lei para maio de 2021, e na Câmara o prazo havia sido encurtado para 31 de dezembro deste ano, em votação no último dia 25 de agosto.

“Teremos a visualização de regras claras para todas as empresas e pessoas a partir de agosto de 2021, prazo para adequação e modernização à nova normatização”, afirmou o presidente do Senado.

O assunto, de qualquer forma, vem sendo alvo de muitas críticas e discussões, quanto ao momento econômico que o País vem enfrentando, e ainda sobre a sua forma, conteúdo e responsabilidades envolvida. Não se discute a importância de tal medida, para o respeito e uso dos dados da Pessoa Física, hoje com o abuso de quem o faz, sem qualquer critério, segurança ou sigilo, de forma que será benéfico não só para os consumidores, mas para os negócios também

Porém, a repercussão quanto à vigência causou um alvoroço no mundo dos negócios, na adaptação de sua atividade, atualização dos sites e aplicativos, e inclusive, na adoção de políticas de privacidade, das Empresas e Entidades representativas. Embora não tome nota, o Governo e sua infraestrutura também terão de responder pelo uso indevido.

A obrigatoriedade atinge todos os tipos de negócios, independentemente do porte, segmento, setor público ou privado, Micro ou Pequenas Empresas, de médio ou grande porte, nacionais ou internacionais, públicas ou privadas, que deverão entender, atentar e adotar todos os cuidados necessários, cumprir e estar de acordo com a Lei, para que o armazenamento, manipulação e uso de dados pessoais obtidos, tenha a devida e correta utilização, com a autorização necessária do proprietário desses dados, sob penalidades, não só financeiras como da imagem.

As penalidades para empresas que descumprirem a Lei podem variar, dependendo da gravidade da infração, chegando à suspensão total ou parcial de suas atividades, em tudo que se relacionar o tratamento de dados. A não conformidade no uso dos dados, pode causar grandes prejuízos financeiros à empresa em forma de punição, tais como:

 

– Processo, sanções administrativas e advertências;
– As multas podem atingir até 2% sobre o faturamento;
– O banco de dados pode ser apreendido;
– O trabalho com dados pode ser suspenso por, pelo menos, 6 meses.

 

Mesmo que as sanções administrativas passem a valer em agosto de 2021, não vale pensar em deixar a sua preparação mais para frente.

A punição poderá ter atenuantes com reflexo imediato em caso de medidas corretivas, mecanismos e procedimentos internos de proteção de dados, política de boas práticas e governança que já estejam em vigor no momento em que eventual erro ocorrer.

Observamos que, neste cenário, as Empresas têm pela frente um grande desafio, com tempo curto para rever seus processos de governança e privacidade de dados, os quais podemos citar:

 

  • Gestão de consentimento, autorização e revogação;
  • Gestão das solicitações de esclarecimentos, abertas por titulares dos dados, cujo prazo de resposta será curto;
  • Gestão do tempo de utilidade e uso dos dados permitidos dentro da empresa, devendo ser descartados após; e
  • Implementação de técnicas de anonimização, em que não se permita a identificação de dados pessoais, cujo processo e procedimento deverá ser comprovado.

 

* Gildo Freire de Araújo

Presidente do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC

Gildo Freire de Araújo

 

Profissionais da Contabilidade são responsáveis pela fiscalização e transparência nas eleições municipais

GildoEste ano, devido à situação por que passa o País em consequência da pandemia da Covid-19, o Congresso Nacional adiou recentemente a data das eleições municipais, que deveriam acontecer em outubro de 2020, para os dias 5 de novembro, o primeiro turno, e 29 de novembro, o segundo turno.

A finalidade deste pleito, quando milhões de brasileiros irão às urnas, é escolher os prefeitos e vereadores que deverão assumir os Legislativos e Executivos municipais a partir do ano que vem. Só que as pessoas, em geral, envolvidas com as emoções das campanhas, se esquecem de atentar para um fator muito importante nas eleições, que é a transparência das contas públicas.

Certo é que muitas coisas já mudaram no Brasil, nos últimos anos, em especial por conta dos desvios de dinheiro público, o que tem levado a sociedade a se tornar mais exigente neste quesito, e, paralelamente, o aumento da responsabilidade dos profissionais contábeis com a prestação de contas das campanhas e dos candidatos aos cargos eletivos. Neste momento, o Instituto Paulista de Contabilidade – IPC ressalta o papel fundamental do contador nas eleições municipais, visto que é ele que irá trabalhar juntamente com a Justiça Eleitoral para garantir transparência e uma eleição competitiva para todos os candidatos.

O profissional de Contabilidade assumiu essa responsabilidade nas eleições de 2014, com a nova lei da Contabilidade Eleitoral, que atribuiu a devida importância aos seus serviços, para atender às especificidades das contas eleitorais. Desde então, sempre que as eleições se aproximam é uma corrida contra o tempo dos profissionais contábeis, para honrar os prazos estabelecidos pela Resolução nº 23.406/2014 do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, que trata da arrecadação e dos gastos por partidos políticos, comitês financeiros, candidatos e sobre a prestação de contas das eleições. Conforme o parágrafo 4º do artigo 33 da norma, bem como no parágrafo 4º do artigo 48 da Resolução 23.553 de 18.12.2017, a prestação de contas das eleições deve ser obrigatoriamente assinada pelo candidato e um Profissional da Contabilidade responsável, acompanhado por um advogado, para dar credibilidade aos dados financeiros e contábeis declarados durante cada campanha.

Para o pleito de 2020, o registro das candidaturas deve ocorrer até o dia 26 de setembro. No entanto, a atuação dos profissionais da Contabilidade, devidamente registrados para que possam trabalhar nas eleições, começa muito antes. Por isso, o IPC orienta os profissionais da Contabilidade que darão suporte aos candidatos a cargo político eletivo e aos partidos políticos, que fiquem atentos aos seguintes pontos:

I – registro e inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ);

II – abertura de conta bancária específica destinada a registrar a movimentação financeira de campanha;

III – emissão de recibos eleitorais.

Diante de tantas leis, obrigações e burocracias, o contador deve ter a tecnologia como sua aliada, para facilitar os processos, como, por exemplo, usufruir dos sistemas de gestão integrados com o cliente que tornam mais prático o controle dos recursos. Assim, com as tarefas automatizadas e muito menos trabalho manual, as chances de erros diminuem consideravelmente.

As contas dos candidatos, relativas ao primeiro e ao segundo turnos, devem ser apresentadas até o dia 15 de dezembro à Justiça Eleitoral, que deverá publicar a decisão dos julgamentos até o dia 12 de fevereiro de 2021. Já os candidatos eleitos podem apresentar suas contas até o dia 18 de dezembro em todo o País. A data da posse dos eleitos continua sendo em 1º de janeiro de 2021.

Graças à interferência dos profissionais da Contabilidade, o processo de prestação de contas dos gastos com campanha eleitoral tem evoluído muito nos últimos anos, demonstrando um maior comprometimento com as informações apresentadas ao Tributal Superior Eleitoral – TSE. Por isso, os partidos, comitê financeiro se houver e os candidatos, devem tomar conhecimento de suas obrigações e responsabilidades, procurando o profissional da Contabilidade, antes, durante e depois, participando efetivamente no decorrer e na conclusão da prestação de contas, para que o profissional contábil possa realmente fazer o seu trabalho técnico.

Então, para dar continuidade a esta boa prestação de serviços, é imprescindível que o profissional da Contabilidade esteja bem preparado para executar tais funções, que conheça as regras da prestação de contas eleitorais, e que possa assegurar que os candidatos obedeçam não apenas as normas eleitorais, mas também às leis brasileiras da Contabilidade.

Desejamos bom trabalho a todos e, esperamos que, durante as eleições, o profissional da Contabilidade, com sua prestimosa atuação, possa garantir à sociedade aquilo que tanto prezamos: a transparência e a ética.

 

*Gildo Freire de Araújo

Presidente do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC

 

Oportunidades em tempos de crise

Gildo foto oficialSensível a este cenário incerto devido à pandemia da Covid-19, o Instituto Paulista de Contabilidade – IPC se empenha em auxiliar os profissionais e estudantes da Contabilidade a enfrentarem os dias vindouros, preparando-os para a retomada e recuperação da economia.

De acordo com dados fornecidos pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC, atualmente existem 515.839 profissionais da Contabilidade regulamentados e em atividade no Brasil. São Paulo é o Estado com o maior número de profissionais registrados: 149.928, o que corresponde a 29% do total. A maioria das organizações contábeis do País também se concentra no Estado de São Paulo. São 21.276, ou 29%, de um total de 70.300 empresas em todo o Brasil, que são atingidas diariamente pelas mudanças na Legislação Empresarial e pela evolução da Tecnologia.

Este enorme contingente de profissionais e empresas contábeis, mais do que nunca, está sendo demandado a dar a sua contribuição à sociedade, porque, além das mudanças legislativas, que exigem atualizações constante, estudos e preparos para aplicar as novas leis, deparam-se ainda com uma quebra recorde de empresas,  busca incessante por financiamentos, e tantos outros fatores que fazem com que os gestores em geral recorram aos seus conhecimentos e ao auxílio dos contadores para a correta tomada de decisão.

Ciente dessa realidade, o IPC, em conjunto com as Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo, está se utilizando de todas as formas possíveis para dar assistência técnica e profissional aos que compõem a comunidade contábil, seja por meio de eventos que contribuam para a atualização  de conhecimentos, transmissão de informações úteis ao dia a dia, e ainda buscando manter a classe unida e motivada na troca de experiências e aprendizado de como lidar com este novo vilão da sociedade.

Para isso, o IPC tem dado o seu apoio institucional e participado de projetos como “Covid-19: crise, dicas e oportunidades”, idealizado pelo Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP, e de inúmeras ações promovidas pelas Entidades Contábeis, com transmissões ao vivo em suas redes sociais.

O uso da tecnologia já vinha sendo discutido há muito tempo no ambiente contábil, quando analisávamos como a Inteligência Artificial impactaria na profissão. Mas, a Covid-19 antecipou este debate e nos colocou frente a frente neste novo mundo. Hoje, discute-se o “novo normal”, que não se sabe ao certo como será, mas que, com certeza, exigirá adaptações na rotina profissional e, em especial, nos métodos de ensino, a exemplo do Ensino a distância – EAD, que já vinha sendo bem aceito pela população, e agora se torna imprescindível nas transmissões ao vivo, de workshops a palestras, discutindo temas de grande interesse para os profissionais da classe contábil.

Neste momento, o objetivo é firmar ainda mais parcerias para oferecer aos profissionais cursos de capacitação, seminários, convenções, congressos e outras atividades que possam somar  e atender às suas necessidades profissionais, educacionais e culturais, já que este é um momento único na história e não se deve deixar passar esta oportunidade de se mostrar o valor da profissão e o quanto os mais de 500 mil profissionais da Contabilidade são indispensável para as empresas públicas e privadas, de todos os portes, inclusive o terceiro setor e pessoas físicas, que igualmente estão confusas e precisando da excelência de tal prestação de serviço.

Na linha do raciocínio de que toda crise é sinônimo de oportunidade, esta nefasta pandemia, que tanto sofrimento e dor tem causado às pessoas, em todas as partes do mundo, configura-se em uma oportunidade para a profissão contábil crescer e consolidar o seu valor. Por isso, o IPC busca soluções inovadoras que reforcem o aprendizado dos bancos acadêmicos e incentivem a união da classe contábil para que profissionais e estudantes estejam cada vez mais preparados a fim de enfrentar a nova realidade econômica e, consequentemente, contribuir com o crescimento do País.

Gildo Freire de Araújo

Presidente do Instituto Paulista de Contabilidade

 

25 de abril,

Nossa homenagem ao Profissional da Contabilidade, aquele que cuida da saúde dos negócios

ROB_4383Em meio à pandemia do coronavírus, que está causando profundo trauma nas sociedades e nas empresas em geral, nós, os profissionais da Contabilidade, festejamos o nosso Dia, 25 de abril. Distantes, é verdade, devido ao isolamento imposto para evitar a proliferação do vírus, contudo mais unidos do que nunca, em torno de nossos propósitos de aperfeiçoamento profissional e valorização das atividades.

Fruto dessa união, o Conselho Regional do Estado de São Paulo – CRCSP, juntamente com as entidades contábeis de São Paulo, está lançando a campanha “A Saúde dos Negócios é com o Contador”, a qual tem todo o apoio do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC, visto que concordamos inteiramente com os seus termos. Afinal, sem contador como haveriam empresas, circulação segura de riquezas ou desenvolvimento das sociedades?

O profissional da Contabilidade, historicamente, é indispensável em todos os segmentos da economia e, agora, mais do que nunca, diante dessa crise que está assolando o mundo, evidencia a sua importância ao contribuir para a clara compreensão e aplicação das leis recentemente editadas, bem como para alicerçar o reordenamento econômico do País, passado o surto.

Para isso, precisamos estar preparados. Não podemos perder a oportunidade de reafirmar o nosso valor perante os gestores das empresas públicas, privadas, do terceiro setor e da população como um todo, que se utilizam dos nossos serviços. Pois sabemos que conhecimento técnico e informações contábeis de valor são o diferencial nesta situação de emergência, quando nossos clientes, atônitos, recorrerem aos nossos préstimos.

Portanto, aos profissionais da Contabilidade de todo o País, transmitimos o nosso reconhecimento e homenagem neste dia especial, 25 de abril, pois sabemos que, com perspicácia e iniciativas pontuais, poderemos devolver a normalidade ao setor empresarial brasileiro, reforçando empregos e o progresso do nosso País.

*Gildo Freire de Araújo – presidente do Instituto Paulista de Contabilidade

 

 

Coronavírus: a pandemia que transformou a rotina do mundo

Gildo foto oficialUma das missões do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC é zelar pela saúde e bem-estar dos associados, seus familiares e dependentes. E, nesse momento difícil pelo qual o mundo passa, ao enfrentar o coronavírus (Covid-19), o Instituto entende que, mais do que nunca, é fundamental falarmos de saúde.

O vírus está afetando frontalmente todas as economias, inclusive a nossa, e nos levou a adotar o trabalho remoto (home office), que virou uma regra temporária em empresas de todos os segmentos. Esse afastamento presencial dos postos de trabalho busca desacelerar novos casos, evitando infecções respiratórias e óbitos, principalmente nas pessoas de mais idade.

Por isso, nós do Instituto Paulista de Contabilidade estamos alertando aos profissionais da Contabilidade que tomem seus cuidados e atuem com responsabilidade em seus relacionamentos profissionais, evitando reuniões presenciais com os clientes, e encontros em geral, contribuindo assim para o combate do Covid-19.

A Prefeitura de São Paulo determinou, nesta semana, o fechamento do comércio na cidade a partir de sexta-feira (20/3/2020) até o dia 05/4/2020. A restrição atinge apenas os atendimentos presenciais do comércio, a fim de evitar aglomerações e a propagação do vírus causador desta pandemia. No entanto, não há motivos para pânico: os serviços essenciais para a população continuam funcionado normalmente, como supermercados, padarias, farmácias, postos de gasolina, lojas de conveniência, restaurantes e lanchonetes, lojas de produtos para animais, e feiras livres.

Os sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios. Os principais sinais conhecidos até o momento são febre, tosse, e dificuldade para respirar. Entre os grupos mais vulneráveis estão: idosos, diabéticos, hipertensos, quem tem insuficiência renal crônica, doença respiratória crônica e doença cardiovascular.

O contágio do coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos. Os primeiros sintomas aparecem desde a infecção e podem demorar de 2 a 14 dias. Por isso, justifica-se a grande campanha da “quarentena voluntária”, ou “quarentena compulsória”, quando autoridades governamentais determinam que uma pessoa deve permanecer em um lugar, isolada, por 14 dias.

Alguns cuidados básicos podem ser tomados para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir o vírus:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

A grande preocupação em relação a esta doença é que não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do Covid-19, é indicado repouso e consumo de água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como, o uso de medicamento para dor e febre e umidificador no quarto, ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse.

Estamos juntos nessa batalha que impactou diretamente na economia mundial. É um momento para se resguardar e planejar ações visando evitar o efeito cascata que atinge, principalmente, os profissionais liberais, autônomos e pequenos empresários.

No País vivemos uma fase na qual é possível conter a epidemia, trabalhar em casa, estudar em casa, brincar em casa, fazer exercícios em casa. O isolamento tornou-se a marca do combate à doença que mata, mas, por outro lado, nos aproxima das nossas famílias.

Nós, do Instituto Paulista de Contabilidade, acreditamos que adaptar é preciso, esse é o maior ensinamento do momento, é um ato de civilidade para a proteção das outras pessoas. Vamos superar essa crise juntos.

*Gildo Freire de Araújo – presidente do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC

Fonte: Com informações do Ministério da Saúde

 

 

 

Mulheres contabilistas são essenciais à sociedade

IPC

happy womens day card with female flower face

As mulheres brasileiras têm apresentado crescente participação no mercado de trabalho e sua importância na economia é cada vez mais evidente. Na Contabilidade, presenciamos as figuras femininas em cargos relevantes, que antes eram majoritariamente ocupados por homens, e sempre com excelentes desempenhos.

O percentual de mulheres que cursa a graduação em Ciências Contábeis nos últimos anos tem aumentado vertiginosamente, a ponto de superar o número de homens na sala de aula. Uma realidade perceptível nos escritórios contábeis e nas empresas em geral, e que se traduz num ambiente cada vez equilibrado.

A todas as mulheres, especialmente às que atuam na área contábil, rendemos as nossas homenagens, certos de que a valorização e o desenvolvimento da mulher são benéficos para toda a sociedade.

* Gildo Freire de Araújo – presidente do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC.

 

 

_dsc1717
O contador Gildo Freire de Araújo foi conduzido à Presidência do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC no dia 13 de março de 2019, com dois desafios bem definidos: comandar as ações de uma Diretoria bastante experiente e qualificada e cumprir as determinações do novo estatuto da Entidade.

Capacitação para isto não lhe falta, visto que o profissional acumula vasta experiência, como presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP no período de 2016-2017; da Associação Comercial e Empresarial de Diadema, na gestão 2010-2012; e na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE Diadema por quatro gestões. Agora, Gildo Freire empresta seus conhecimentos ao Instituto Paulista de Contabilidade, uma vez que, além de empresário no ramo contábil, conhece bem o funcionamento das Entidades de Classe e as dificuldades que os Profissionais da Contabilidade enfrentam no seu dia a dia.

O presidente do IPC, ainda, faz parte do corpo de Acadêmicos da Academia Paulista de Contabilidade – APC, ocupando a Cadeira de nº 5, que tem como Patrono o saudoso contador Januário Sylvio Pezzotti; é sócio-fundador do Escritório Contábil Águia; membro do Conselho Fiscal do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo-Sindcont-SP; conselheiro na Cecomercio; e membro do CAT – Conselho de Assuntos Tributários da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo – Fecomercio SP.

Caminhar ombro a ombro com os presidentes das Entidades Congraçadas é fundamental

ROB_4383O Instituto Paulista de Contabilidade – IPC inicia suas atividades em 2020 analisando e planejando ações voltadas para contribuir com o desenvolvimento dos profissionais da Contabilidade, focando em capacitá-los tecnicamente, a fim de gerar novas oportunidades no mercado de trabalho, bem como oferecer oportunidades vantajosas para a segurança de sua saúde e de sua família e dependentes.

Com o intuito de defender os interesses dos que atuam na Contabilidade, o IPC continuará dando apoio institucional a várias iniciativas que agregam valor aos profissionais contábeis, projetadas pelas Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo. Pois acredito que a união da classe é fundamental para o desenvolvimento da profissão.

Falo com propriedade, pois há muito tempo sou integrante das entidades representativas da classe, em várias frentes, tendo a satisfação de participar e presidir, na gestão 1996, o Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis – CEDFC, atividade desenvolvida pelo Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP, com os profissionais associados e filiados; e também no Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP, onde participei de várias diretorias, e ocupei a Presidência na gestão 2016- 2017, mantendo os mesmos princípios de trabalhar para a melhoria da profissão.

Durante esta minha trajetória ficou clara a importância de as lideranças da classe andarem ombro a ombro, com objetivos claros e definidos em prol dos que atuam na Contabilidade. Ao comandar o Instituto, seguirei a mesma linha, no sentido de dar apoio aos meus colegas, principalmente àqueles que assumiram novos cargos de responsabilidade em 2020.

Neste sentido, quero cumprimentar as novas Diretorias que estão à frente no Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP, na Presidência do contador José Donizete Valentina; no Sindicato dos Contabilistas de São Paulo – Sindcont-SP, que passou a ser comandado pelo contador Geraldo Carlos Lima; na Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Fecontesp, cujo presidente é o contador Dagoberto Silvério da Silva; e na Associação dos Peritos Judiciais do Estado de São Paulo – Apejesp, que passa a ser dirigida pelo contador José Vanderlei Masson dos Santos, aos quais eu me coloco à disposição para idealizarmos novos projetos de impacto profissional e social.

Temos plena consciência do trabalho árduo e da responsabilidade que é comandar uma Entidade de classe, mas sabemos que não faltam dedicação, apoio e cumplicidade dos diretores, que compartilham conosco diariamente seu tempo, experiências e conhecimentos, que são revertidos em melhor servir aos profissionais da classe.

A todos os nossos cumprimentos e desejo de felizes e profícuas gestões.

A luta por melhorias na classe contábil é incessante, mas estaremos juntos nessa militância.

Gildo Freire de Araújo-Presidente do IPC

IPC encerra o ano com saldo positivo de suas atividades

Gildo foto oficialEste foi um ano muito significativo para o Instituto Paulista de Contabilidade – IPC, visto que nos mantivemos firmes em nossos propósitos  de desenvolver o caráter educacional, cultural e de assistência social aos profissionais da Contabilidade.

Nosso primeiro ano de gestão foi repleto de atividades que contribuíram para a formação e atualização dos profissionais da Contabilidade, porque o IPC se dedicou a apoiar institucionalmente várias atividades que agregaram valor à profissão.

Para citar algumas, no ano de 2019 apoiamos a realização de diversas edições do Summit Contábil – encontro de um dia para profissionais, empresários e estudantes de Contabilidade. As edições do evento aconteceram nas cidades de Santos, Campinas, Osasco, Bauru e São José dos Campos.

Também contribuímos participando do Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas – Fonif, que reuniu mais de 850 profissionais e estudantes interessados em debater os “Rumos da Filantropia”, com foco na Reforma Tributária e em seus impactos nas entidades filantrópicas.

Além disso, tive o prazer de ministrar duas palestras, uma no seminário sobre Terceiro Setor, em São Bernardo do Campo e a outra em São João da Boa Vista-SP, além de participar do encerramento do 29º Epac – Encontro de Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade, promovidos pelo Sindicato dos Contabilistas de São Paulo- Sindcont-SP, na Universidade Metodista de São Paulo – Campus São Bernardo do Campo, na condição de presidente do Centro de Estudos e Debates Fisco Contábeis, no ano de 1996.

Podemos considerar que o marco de todas estas realizações foi a 26ª Convenção dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Convecon, o maior evento contábil do Estado de São Paulo, que aconteceu no período de 4 a 6 de novembro último. É importante registrar que a Convecon vem crescendo a cada ano em prestígio e aceitação, tanto que em 2018, o evento recebeu, pela primeira vez em sua história, o prêmio Jacaré de Ouro – que coroa os melhores eventos promovidos no ano, referente à 25ª Covecon realizada em outubro de 2017, sob a minha presidência no CRCSP.

Agora, na presidência do IPC, fomos responsáveis por angariar e administrar os recursos financeiros que tornaram o evento possível, além de integrar a comissão organizadora da 26ª Convecon.

Em sua grande missão de desenvolver o caráter educacional dos Profissionais da Contabilidade, o IPC buscou, este ano, novas parcerias na área educacional, e uma delas foi com a Trevisan Escola de Negócios, que visa oferecer melhores condições de ensino aos profissionais.

Percebemos que os profissionais da classe contábil estão antenados quanto à atual realidade do mundo, já aceitam as transformações tecnológicas e buscam constantemente atualização e soluções inovadoras. Por isso, estimular o desenvolvimento profissional dos contabilistas é uma das missões do IPC, que continuará lutando em 2020 e dando seu apoio para a realização de grandes eventos que realmente contribuam para o engrandecimento de nossa profissão.

O IPC procurou se engajar ainda mais este ano no quesito qualidade de vida e saúde dos profissionais atuantes na área. Em razão disso, apoiou o esporte por meio do patrocínio ao 8º Jogos Abertos dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Joconesp e fechou uma parceria inédita com a Qualicorp,  oferecendo uma condição exclusiva de planos de saúde para seus associados.

Ao analisar as conquistas obtidas durante este ano, concluídos que a parceria com as lideranças da classe contábil do Estado de São Paulo é fundamental para alcançarmos nossos objetivos de oferecer cada vez mais e melhores serviços aos profissionais atuantes no Estado.

Assim, desejo expressar os meus agradecimentos a todos os que confiaram em nossos esforços e permitiram que esses eventos fossem possíveis.

Desejamos a todos boas festas e um ano novo repleto de saúde e realizações.

Gildo Freire de Araújo

Presidente

Se precisar de  mais informações ou entrevistas entre em contato na  De León Comunicações:

Bruna Raicoski

Assessoria de Imprensa

bruna@deleon.com.br

(11) 5017-7604// 99655-2340

 

 

Realizações e avanços do IPC para a Classe Contábil

Em março de 2019 assumimos a Presidência do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC, juntamente com uma competente Diretoria, reafirmando o compromisso de continuar dando suporte à educação contábil, que julgamos essencial para os profissionais da área.

É importante que se diga que a Contabilidade, desde o seu início, foi responsável por garantir a segurança de informações e de planejamentos empresariais eficazes e de qualidade. Hoje, essa Ciência vem se expandindo e cada vez mais, com funções relevantes dentro de uma empresa como, por exemplo, auxiliar na tomada de decisões, o que torna imprescindível que empreendedores caminhem ombro a ombro com os seus Profissionais da Contabilidade, a fim de valorizar o serviço prestado pela classe.

Por esse destaque no mundo corporativo, o curso de Ciências Contábeis é um dos mais procurados no rol de diversas profissões, com 355,4 mil matrículas por ano. Contudo, devido ao dinamismo da profissão contábil, para acompanhar as mudanças na área, é fundamental que tanto estudantes como profissionais já experientes frequentem cursos de extensão e palestras continuamente.

Com o objetivo de dar suporte aos mais de 150 mil profissionais atuantes no Estado, o IPC tem emprestado o seu apoio à relação de relevantes eventos para a Classe, como os Summits Contábeis, realizados em diversas cidades paulistas, como Guarulhos, Bauru, Santos, Campinas, Osasco e São José dos Campos. Todos esses eventos foram programados juntamente com o apoio das Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo, tendo a idealização e organização do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP.

Nessa mesma linha de atuação, estamos realizando a 26ª Convenção dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Convecon, que ocorrerá em novembro próximo. É importante ressaltar que a Convecon figura entre os eventos mais significativos da Classe Contábil no Brasil, chegando até mesmo a receber o Prêmio Jacaré de Ouro, em 2017, que coroa os melhores eventos promovidos no ano. As inscrições já estão abertas no site: www.convecon.org.br

O IPC também contribui de maneira expressiva para a conclusão de iniciativas que agregam valor à Classe Contábil, como, por exemplo, a edição do livro: “100 anos do Sindcont-SP: A História do Brasil sob o olhar da Contabilidade”, obra comemorativa ao Centenário do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo, a segunda Entidade Contábil mais antiga do País, que foi o berço do sistema sindical e associativo no Estado de São Paulo.

O livro, publicado em julho deste ano, é essencial para transmitir à comunidade contábil e empresarial do País como, desde os seus primórdios, a Contabilidade e seus líderes tiveram influência sobre os fatos políticos, econômicos e contábeis do Brasil.

Nossa laboriosa Diretoria já demostrou que está empenhada em realizar e apoiar eventos que impactarão no mundo contábil e, assim, muitos outros importantes projetos serão traçados nestes e nos próximos anos, sempre com a visão da Educação Profissional Continuada, que certamente definirá o futuro desta profissão que é essencial para as empresas de todos os segmentos e portes, e também para a sociedade.

Gildo Freire de Araújo

Presidente

Se precisar de  mais informações ou entrevistas entre em contato na  De León Comunicações:

Bruna Raicoski

Assessoria de Imprensa

bruna@deleon.com.br

(11) 5017-7604// 99655-2340

Perspectivas e compromisso com a educação contábil são as metas para a gestão 2019-2020

 

rob_4382Percebemos que o universo contábil está em constante evolução no Brasil, quanto ao reconhecimento de seu valor e importância para a sociedade. Por isso, nesta gestão, daremos sequência ao trabalho já desenvolvido por administrações anteriores, sempre focados no desenvolvimento dos Profissionais da Contabilidade, contribuindo para o seu bem-estar e a sua capacitação e engajamento no mercado de trabalho.

Assim, nossa missão será defender os interesses dos que atuam na Contabilidade, ao contribuir e apoiar institucionalmente várias iniciativas que agregaram valor aos profissionais contábeis, realizadas pelas Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo.

Já estamos nos preparando para a realização da 26ª Convenção dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Convecon, em 2019. É válido ressaltar que a Convecon vem crescendo a cada ano na área contábil e ganhando espaço nacional entre outros seguimentos, tanto que pela realização da convecção em 2017, pela primeira vez em sua história recebemos o prêmio Jacaré de Ouro, que coroa os melhores eventos promovidos no ano.  Este importante título nos foi concedido em reconhecimento ao trabalho árduo apresentado durante todo o planejamento da 25ª Convecon, ocorrida honrosamente em nossa gestão no CRCSP, no biênio 2016-2017.

O IPC também se faz responsável pela realização dos Summits Contábeis, que já aconteceram em diversas cidades paulistanas, como Guarulhos, Bauru, Santos, Campinas, Osasco e São José dos Campos. Todos esses eventos foram programados juntamente com o apoio das Entidades Congraçadas, tendo a idealização e organização do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP.

A competente diretoria, que assumiu comigo os destinos do IPC nos próximos anos, tem como premissa continuar cooperando para a realização de grandes eventos que contribuem diretamente na formação e atualização dos profissionais contábeis que, consequentemente, impactam e engrandecem a Classe Contábil.

 

Balanço da gestão 2016-2019 frente ao IPC

No último dia 13 de março de 2019, encerrei meu mandato frente ao Instituto Paulista de Contabilidade – IPC. Foram três anos de lutas e conquistas onde mantivemos como principal objetivo desenvolver o caráter educacional, cultural e de assistência social aos profissionais da Contabilidade.

img_8701Desde sua fundação, em 07 de janeiro de 2014, o IPC vem idealizando e traçando metas para elevar o nome da Instituição, atuando ao lado de importantes e renomadas Entidades Contábeis, para estimular o desenvolvimento profissional dos contabilistas. Este tem sido o ponto principal de nossa missão, o que justifica a crescente evolução do Instituto.

Na gestão 2016 – 2019, o IPC apoiou e continuará cooperando para a realização de grandes eventos que contribuem diretamente com formação e atualização dos profissionais contábeis e, consequentemente, impactam e engrandecem a Classe Contábil. O Instituto é o responsável pela realização da 26ª Convecon, a ser realizada no período de 4 a 6 de novembro, e dos Summits Contábeis, que já aconteceram em Guarulhos, no dia 12 de dezembro, em Bauru, no dia 8 de fevereiro, em Santos, em 15 de março.

Todos esses eventos coroados de êxito foram programados juntamente com o apoio das Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo, e com idealização e organização do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP.

Percebemos que a educação profissional continuada tornou-se essencial para o sucesso na carreira contábil, por ser também o caminho para um País melhor e mais justo, por isso intensificamos nossos esforços neste quesito.

Assim, entrego a Presidência do IPC honrado pelo trabalho desenvolvido, e confesso, com muita humildade, que esta foi uma gestão de muito planejamento e conquistas.

Agora, na condição de diretor financeiro da Entidade, continuaremos apoiando o crescimento do Instituto Paulista de Contabilidade, que tem uma nova e competente diretoria, sob o comando do experiente contador Gildo Freire de Araújo, o qual temos certeza, atuará sempre visando elevar o nome do IPC junto aos profissionais da Contabilidade.

 

*Sergio Prado de Mello – presidente do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC.

 

IPC fecha o ano com grandes realizações na área educacional

sergio-prado-de-mello-2-vice-fiscalizacaoO Instituto Paulista de Contabilidade – IPC mantendo seu objetivo de desenvolver o caráter educacional, cultural e de assistência social aos profissionais da Contabilidade, durante o ano de 2018, emprestou o seu apoio institucionalmente a várias atividades que agregaram valor à profissão.

Durante os últimos doze meses, todas as Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo apresentaram ideias inovadoras as quais o Instituto teve a hora de apoiar. Como é o caso da primeira edição do Summit Contábil – encontro de um dia para profissionais, empresários e estudantes de Contabilidade, que foi realizado em Guarulhos, no dia 12 de dezembro, com amplo sucesso de público e participação, evento que se repetirá em diversas cidades do Estado de São Paulo durante o ano de 2019.

Este foi um ano de muito planejamento também, visto que já estamos nos preparando para a realização da 26ª Convenção dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Convecon, em 2019. É importante registrar que a Convecon vem crescendo a cada ano em prestígio e aceitação, tanto que em 2018, o Evento recebeu, pela primeira vez em sua história, o prêmio Jacaré de Ouro, que coroa os melhores eventos promovidos no ano.  Esta importante condecoração deu-se em alusão ao brilhante trabalho apresentado na 25ª Convecon, comandada pelo então presidente da Casa, Gildo Freire de Araújo, na gestão 2016-2017 do CRCSP.

Os caminhos que a educação profissional vem percorrendo na área Contábil são muito honrosos. Percebemos que os profissionais da classe estão grandemente antenados na atual realidade do mundo e, portanto, já aceitam as transformações e buscam constantemente atualização e soluções inovadoras.

Atualmente somos 150 mil profissionais registrados e atuantes e 20 mil empresas de Contabilidade no Estado de São Paulo, que são atingidos diariamente pelas mudanças vivenciadas na Legislação Empresarial e na Tecnologia. Em razão desses fatores, os contadores precisam estar alerta para acompanhar a dinâmica da profissão e preparados para atender aos seus clientes com a maior segurança possível.

Assim, estimular o desenvolvimento profissional dos contabilistas é uma das missões do IPC, que continuará lutando em 2019 e dando seu apoio para a realização de grandes eventos que realmente contribuam para o engrandecimento de nossa Classe Contábil.

A todos, desejamos boas festas e um ano novo repleto de saúde e realizações.

Sergio Prado de Mello

Presidente do Instituto Paulista de Contabilidade – IPC

Se precisar de  mais informações ou entrevistas entre em contato na  De León Comunicações:

Bruna Raicoski

Assessoria de Imprensa

bruna@deleon.com.br

(11) 5017-7604// 99655-2340

 

IPC apoia a realização da 26ª Convecon

*Sergio Prado de Mello

img_8701O Instituto Paulista de Contabilidade – IPC, sempre pensando no desenvolvimento profissional daqueles que atuam nesse universo Contábil, está continuamente envolvido em atividades que contribuem para a formação, atualização e desenvolvimento dos profissionais.

Tendo em vista a importância da evolução dos que militam na classe contábil, o IPC integrado às Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo oferece seu apoio institucional a diversos eventos relacionados à educação profissional continuada, entre eles, está grandemente envolvido com a realização das Convenções Regionais de Contabilidade, que acontecem anualmente nas principais cidades do Estado de São Paulo, e com a Convenção dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Convecon, que acontece a cada dois anos, portanto já em sua 26ª edição, sendo que o próximo evento ocorrerá em 2019.

A 26ª Convecon, já tem lugar definido: pela primeira vez o evento será realizado no Expo Center Norte, com um novo formato, pelo qual esperamos aproximar mais as Entidades dos jovens profissionais, no sentido de estimular a busca pelo conhecimento técnico, a fim de agregar valor à profissão.

Nós que estamos à frente das Instituições Contábeis temos o dever de disseminar o conhecimento, investir no aperfeiçoamento profissional, para que possamos transformar a realidade de instabilidade em um futuro melhor e mais seguro, principalmente para a Contabilidade, que é motor para o crescimento dos negócios e consequentemente da economia.

O IPC trabalha buscando soluções inovadoras que reforcem o aprendizado dos bancos acadêmicos e incentivem a união da Classe contábil para que profissionais e estudantes estejam cada vez mais preparados para o mercado de trabalho.

Para acompanhar as novidades do maior evento da Contabilidade do Estado de São Paulo, acesse o portal do CRCSP.

 

Sergio Prado de Mello

Presidente

Se precisar de  mais informações ou entrevistas entre em contato na  De León Comunicações:

Bruna Raicoski

Assessoria de Imprensa

bruna@deleon.com.br

(11) 5017-7604// 99655-2340

Vantagens de ser associado ao IPC

 

*Sergio Prado de Mello- presidente do IPC

 

Uma das preocupações constantes do Instituto Paulista de Contabilidade IPC é o bem-estar dos associados e de seus dependentes. Por isso, mantém o foco na saúde e no bem-estar dos profissionais, tudo com o intuito de proporcionar a mais alta qualidade de atendimento e procedimentos. Os nossos associados têm a vantagem de se agregar a um plano de saúde de uma das mais conceituadas Operadoras de Saúde do País, a Qualicorp, que oferece reconhecidos médicos, clínicas, hospitais e laboratórios, isso tudo com custos muito competitivos aos praticados pelo mercado.

Nós entendemos que a saúde é o ponto chave para um bom desempenho das atividades profissionais. No caso do Profissional da Contabilidade, não é diferente, não basta entender tudo sobre registros contábeis, organização e controle financeiro, fluxo de caixa e orçamentos, prestação de contas, balancetes mensais e demonstrações contábeis, o profissional também precisa cuidar do seu próprio bem-estar.

Todas as profissões são um conjunto do corpo e da mente, e para trabalhar o desenvolvimento profissional daqueles que atuam nesse universo Contábil, o IPC contribuiu na formação e atualização dos profissionais dando seu apoio à realização das Convenções Estaduais de Contabilidade, que acontecem anualmente nas principais cidades do Estado de São Paulo, e também à Convenção dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Convecon, realizada a cada dois anos, sendo o próximo evento em 2019.

Neste âmbito de promover a Educação Profissional Continuada, o IPC apoia de forma institucional o 6° Encontro de Estudantes de Contabilidade do Estado de São Paulo e o 4° Encontro Nacional de Jovens Lideranças Contábeis, que será promovido pelo Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo – CRCSP, no dia 15 de setembro, na cidade de São Bernardo do Campo.

Na ocasião, serão debatidos a “Inovação Disruptiva”, os “Jovens Contadores Conectados com a Tecnologia e Empreendedorismo” e os “Segredos da Alta Performance”. Para mais informações e inscrições, acesse.

 

O Instituto Paulista da Contabilidade – IPC atua fortemente no propósito de celebrar convênios, firmar parcerias e buscar oportunidades que visem proporcionar cada vez mais benefícios e vantagens aos associados.

Sergio Prado de Mello

Presidente

Esse texto está livre para publicação. Se precisar de  mais informações ou entrevistas entre em contato na  De León Comunicações:

Bruna Raicoski
Assessoria de Imprensa
bruna@deleon.com.br
(11) 5017-7604// 99655-2340

 

O IPC lutando pelos seus interesses

 

*Sergio Prado de Mello – presidente do IPC

O Instituto Paulista de Contabilidade – IPC, atuante desde o dia 07 de janeiro de 2014, mantém seu caráter educacional, cultural e de assistência social aos profissionais da Contabilidade, estagiários, seus familiares e dependentes, sendo que o seu foco principal é a saúde dos profissionais e seus dependentes, ao oferecer condições especiais para a obtenção de planos de saúde da Qualicorp.

Sem finalidades econômicas ou lucrativas, o IPC tem ainda por tradição estimular o desenvolvimento profissional daqueles que atuam na Contabilidade em todo o Estado de São Paulo, ao dar o seu apoio à realização das Convenções Regionais de Contabilidade, que acontecem anualmente nas principais cidades do Estado de São Paulo, e também à Convenção dos Contabilistas do Estado de São Paulo – Convecon, realizada em todos os anos impares, evento que reúne cerca de três mil profissionais em cada uma de suas edições.

Com o propósito de oferecer ainda mais condições aos profissionais associados, o Instituto está investindo em suas comunicações com ajustes no site para torná-lo ainda mais informativo e interativo, além de alterar o seu estatuto, atualizando o endereço para a nova sede, na Praça da República, nº 76, conjunto nº 415.

Esta diretoria continua firme em seu propósito de firmar parcerias e buscar oportunidades junto a pessoas físicas e jurídicas para proporcionar ainda mais benefícios e vantagens aos associados.

Estamos abertos para receber suas sugestões e participações com vistas à melhorar ainda mais as nossas atividades. Preencha o formulário do “Fale Conosco” e mande suas sugestões.

 

Sergio Prado de Mello

Presidente

Esse texto está livre para publicação. Se precisar de  mais informações ou entrevistas entre em contato na  De León Comunicações:

Bruna Raicoski
Assessoria de Imprensa
bruna@deleon.com.br
(11) 5017-7604// 99655-2340

Para o presidente e membro do IPC, a entidade tem por missão, promover para os profissionais da contabilidade registrado no Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo, ações assistenciais, educacionais e culturais, valorizando assim a classe contábil que muito contribui para o crescimento do nosso País.

Diante do cenário cada vez mais acirrado e competitivo nosso objetivo educacional visa firmar parcerias para oferecer aos profissionais cursos de capacitação, seminários, convenções, congressos e com a finalidade de atender às suas necessidades educacionais e culturais. Além de firmar buscar parcerias com empresas e entidades das áreas médicas, odontológicas e seguradoras, primando pelo bem estar do profissional e seus dependentes.